Como Fazer Marmita para Vender 

Devido a correria atual na maioria das cidades do Brasil, além de outros fatores, têm sido cada vez mais comum pessoas se dedicarem à venda de marmitas. Se você também deseja entrar neste negócio, confira agora mesmo como fazer marmita para vender.

Aqui neste post, você irá encontrar diversas dicas sobre como começar o seu negócio de marmitas e como mantê-lo. Portanto, bora descobrir como fazer marmita para vender:

Como Fazer Marmita para Vender 

O que você irá precisar para vender marmitas?

Existe uma variedade gigantesca de tipos de marmitas que podem ser preparadas para vender. Portanto, ao invés de apresentar uma receita, vamos dar algumas dicas de como preparar marmitas no geral. Serão dicas que valem para todos os pratos que você possa vender.

Desta maneira, para vender marmitas, os itens necessários, são:

  • Embalagem de alumínio, isopor ou plástico;
  • Bons ingredientes;
  • Cardápio;
  • Panfletos.

Basicamente, são essas as coisas que você vai precisar. Pois será necessário panfletos para divulgar o negócio, cardápio para apresentar as opções de pratos, bons ingredientes para preparar uma boa refeição e embalagens para armazenar a comida de maneira adequada.

Afinal, como fazer marmita para vender e ganhar renda extra?

Mantendo a intenção de te ajudar a vender marmitas no geral, iremos dar um passo a passo de como fazer isso:

1. Escolha o público

A maioria das pessoas que vendem marmita apostam no público geral. Desta maneira, preparam pratos sem nenhum público alvo em específico. 

Entretanto, algumas pessoas optam por preparar pratos para algum público em específico, como é o caso do público Fitness que se encontra em alta no momento.

Também é possível preparar algumas marmitas para o público geral, e algumas para algum ou alguns públicos em específico, pois, desta maneira, você irá aumentar as chances de venda.

2. Realize ótimos preparos

Depois de escolher o público para quem você deseja vender, monte o cardápio e realize ótimos preparos que agrade os seus clientes e os faça comprar outras vezes.

Se a comida for para o público geral, indicamos que a montagem seja feita com: arroz, feijão, batata frita, salada e algum alimento de origem animal como peixes, carnes e ovo. Além disso, também pode haver pratos especiais, como feijoada, macarronada, entre outros.

3. Utilize boas embalagens

Depois que a comida estiver pronta, embale com embalagens corretas, ou seja, se a marmita for quente, utilize embalagem de alumínio ou isopor para manter a comida quente.

Se a refeição for congelada, venda em embalagens plásticas próprias para micro-ondas, pois desta maneira, ficará mais fácil do cliente descongelar.

4. Realize as vendas

Agora que você já escolheu os tipos de preparos, os realizou com dedicação e embalou cada um deles corretamente, saia para oferecer em comércios, para fazer as entregas encomendadas, ou espere os motoboys de aplicativo virem retirar, caso você tenha optado por este tipo de entrega.

É possível mesmo fazer renda extra vendendo marmitas? 

É possível mesmo fazer renda extra vendendo marmitas? 

Mas é claro que é possível fazer renda extra com a venda de marmitas. Não somente é possível fazer renda extra, como é possível viver disso.

Muitas pessoas vivem deste trabalho, e alguns chegam a ganhar mais de R$ 4.000,00 por mês, apenas vendendo marmitas.

Como foi dito no início deste post, a correria dos dias atuais tem feito muitas pessoas optarem por comprar marmitas, ao invés de prepararem as suas próprias refeições. 

Fora isso, após a pandemia muitas pessoas aumentaram drasticamente a quantidade de comida que compram por aplicativos como “Ifood” e “Uber Eats”. Desta maneira, é ideal que o seu negócio esteja inserido em aplicativos deste tipo.

Como começar a vender marmitas? 

Assim como qualquer outro negócio, o início das vendas de marmitas deve ser acompanhado de divulgações.

Essas divulgações podem ser feitas boca a boca, por meio de redes sociais, panfletos e outras maneiras possíveis dependendo do contexto em questão.

Se você for realizar a venda de algumas marmitas específicas, como marmitas Fitness, marmitas low carb, marmitas nordestinas, entre outras. Não esqueça de estampar isso em seus meios de divulgação.

Conclusão 

Após todas estas considerações, creio ter ficado claro que para vender marmitas é necessário pensar em um público, divulgar seu negócio, preparar boas refeições e utilizar embalagem correta.

E aí? Ficou alguma dúvida sobre como vender marmitas? Se ficou, deixe nos comentários, pois será um prazer te ajudar a iniciar o seu próprio negócio!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima